Manutenção

O rompedor hidráulico da Tornibras é uma robusta ferramenta de demolição. No entanto, como acontece com todas as máquinas, são necessárias inspeções de rotina, lubrificação e manutenção para que o equipamento seja mantido em boas condições de trabalho.
INSPEÇÃO VISUAL
Inspecione visualmente o rompedor todos os dias. Realinhe ou substitua todos os prendedores, se necessário.
ÓLEO HIDRÁULICO
A temperatura máxima de operação, 82 ºC (180ºF).
LUBRIFICAÇÃO DA FERRAMENTA
Engraxe a ferramenta pelo menos duas vezes por turno, ou com maior frequência, se as superfícies trabalhadas forem secas, ou ainda se forem extremamente abrasivas e com muita poeira.
DESGASTE DA FERRAMENTA E DAS BUCHAS
Verifique o desgastes das buchas da ferramenta e substitua-as, se necessário.
OPERAÇÃO EMBAIXO D´AGUA
Não opere embaixo da água, a menos que o martelo seja adequadamente equipado com um pequeno compressor que impede a entrada da água nesse tipo de operação.
ARMAZENAGEM DO ROMPEDOR HIDRÁULICO

Para guardar o rompedor durante pouco tempo, entre um trabalho e outro, mantenha-o na posição horizontal.

Certifique- se de que a ferramenta esteja bem engraxada e que as mangueiras hidráulicas estejam protegidas.

Cubra a ferramenta com uma lona à prova de água.

Se o martelo não for usado por um longo período (alguns meses), descarregue a pressão do gás, remova a ferramenta, e empurre o pistão totalmente para dentro. Engraxe a extremidade exposta do pistão.